Mapa e MCTI criam grupo para desenvolver centro de agricultura tropical

agricultura-tropical

A ministra Kátia Abreu (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e o ministro Aldo Rebelo (Ciência, Tecnologia e Inovação) acertaram durante reunião nesta terça-feira (18) a criação de um grupo de trabalho para desenvolver um centro internacional de tecnologia em agricultura tropical.

O centro fará parte do projeto do Parque Tecnológico Capital Digital, em Brasília, e será desenhado em parceria entre o MCTI, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), o Mapa e o Governo do Distrito Federal.

“O mundo está de olho na agricultura dos trópicos, a única que é feita durante 365 dias no ano. Vamos fazer desse centro uma referência internacional”, disse a ministra Kátia Abreu. O presidente da Embrapa, Maurício Lopes, também participou da reunião.

Os ministros trataram ainda da ampliação do programa Labex, da Embrapa, que visa a fomentar a cooperação científica e tecnológica com outros países por meio de implantação de laboratórios virtuais no exterior e de intercâmbio de pesquisadores.

“Podemos ampliar e fortalecer esse programa, que é importantíssimo para o desenvolvimento da pesquisa agropecuária no país. Os pesquisadores da Embrapa são um ativo excepcional”, destacou a ministra.

Kátia Abreu e Maurício Lopes discutiram com o ministro Aldo Rebelo a participação do MCTI na Aliança Nacional para Inovação Agropecuária, projeto que vai impulsionar a pesquisa e a inovação no campo por meio de novas fontes de financiamento. O plano ainda está em elaboração e será lançado neste ano.

visto em http://www.agricultura.gov.br/comunicacao/noticias/2015/08/mapa-e-mcti-criam-grupo-para-desenvolver-centro-de-agricultura-tropical

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.