Fenômeno do El Niño será um dos mais intensos desde 1950

A corrente equatorial quente do Pacífico, El Niño, que reapareceu há alguns meses, estará entre os quatro episódios mais intensos observados desde 1950, indicou nesta terça-feira a Organização Meteorológica Mundial (OMM).

A temperatura da água na superfície no centro-leste do Pacífico superará provavelmente o aumento médio normal de 2 graus Celsius, assegura a agência das Nações Unidas, que prevê que o episódio ganhará força antes do fim do ano.

Esta corrente periódica se associa a precipitações superiores ao normal no outono e inverno nos Estados Unidos. Também reduz as frequências das tempestades e furacões no Atlântico que já este ano vive uma temporada (junho-novembro) abaixo da média anual.

visto em http://www.istoe.com.br/assuntos/semana/detalhe/434659_

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.